Aprovados R$ 63,5 bilhões do FGTS para habitação popular em 2017

O conselho curador do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) aprovou nos últimos dias um orçamento de R$ 87 milhões para habitação popular, saneamento básico e infraestrutura urbana para 2017. Para o período de 2017 a 2020, o investimento previsto é de R$ 331 bilhões. Em mobilidade urbana o investimento será de R$ 14 bilhões e R$ 9,5 bilhões em saneamento básico.

De acordo com o Ministério do Trabalho, os investimentos vão beneficiar 556 mil famílias de baixa renda na compra da casa própria. Também, conforme a pasta, servirão para gerar ou manter 2,5 milhões de empregos na indústria da construção. Outros R$ 9 bilhões dos recursos do fundo foram reservados para subsidiar a compra da casa própria por famílias de baixa renda, por meio de descontos — beneficiando cerca de 506 mil contratos. Já o Pró-Cotista, que oferece taxas de juros menores, será direcionado aos detentores de conta vinculada, o valor alcança R$ 5 bilhões.

O dinheiro que será liberado também obedece a uma distribuição conforme o valor máximo da casa própria: R$ 8,3 bilhões vão para a compra de imóveis avaliados em até R$500 mil.

imagemfgts

Mais R$ 1,2 bilhão vai financiar imóveis cujo valor de venda esteja limitado a R$ 650 mil em todo o país. A exceção é para os estados de Minas Gerais, Rio e São Paulo e para o Distrito Federal, onde os valores de venda dos imóveis podem chegar a R$ 750 mil.

Fonte: Ministério do Trabalho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *